Thursday, February 23, 2017

Descoberta de 7 planetas semelhantes à Terra ? Super excitação !







Google Doodle Seven Earth-size Exoplanets Discovered

A NASA anunciou que foi descoberto um sistema de 7 planetas semelhantes à Terra. Três estão na zona habitável da estrela, a 40 anos-luz de nós. 

Wow! Já não é uma questão de saber se vamos encontrar vida. É uma questão de quando?

Google não poderia deixar de celebrar. Já com a possibilidade de haver água em Marte, um Doodle foi de imediato publicado.

Agora, após a descoberta de sete planetas fora do Sistema Solar e com características semelhantes à Terra, anunciada ontem pela NASA, Google associou-se à celebração com um Doodle interactivo. A animação mostra a Terra e a Lua a entusiasmarem-se ao olhar por um telescópio ao descobrirem os sete planetas ‘terrestres' a acenar. Querem um sistema de 7 planetas mais divertido?



Seven Earth-sized planets have been observed by 
NASA's Spitzer Space Telescope 
credits: NASA

Pois bem! Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um sistema planetário com sete planetas muito semelhantes à Terra. Três deles estão na zona habitável da sua estrela, ou seja, têm condições para a existência de água (e de vida) mas há escassas informações sobre o mais distante. 





An artist's fantasy of the surface of TRAPPIST-1e. 
Credits: NASA

A estrela, TRAPPIST – 1, fica a 39,5 anos-luz da Terra (posição relativa na constelação de Aquário) e é uma anã vermelha muito mais fria e pequena que o nosso Sol (tipo de estrelas mais comum na nossa galáxia do que as semelhantes ao Sol). 

O facto de os planetas que a orbitam estarem a uma distância curta, criam as tais condições terrenas. 

Agora, os cientistas querem ir em busca de vida: “Já não é uma questão de ‘se’. É uma questão de ‘quando’”.

Michael Gillon, NASA






Levantam-se várias questões. Sendo a mais importante: Há vida como a conhecemos fora do nosso planeta?

Os referidos planetas encontram-se na chamada 'zona habitável' da respectiva estrela, o que significa que a distância a que se encontram do astro lhes permite a existência de água no estado líquido à superfície, condição essencial à existência de vida como a conhecemos.


Doodle remete-nos para uma pesquisa Google sobre a 'descoberta dos exoplanetas' (palavra usada para descrever os planetas que orbitam fora do Sistema Solar).
Saber mais?
Já há um site oficial Trapist-1 com todas as explicações e até extras, como posters que ilustram graficamente a descoberta. Um deles, com um 'aspecto futurista', considera este sistema com sete planetas parecidos com a terra o 'melhor destino' numa zona habitável. Ler Novo Sistema Planetário já tem oficial (e posters)
Também pode ler Exoplanetas. Que mundos são estes onde pode haver vida? que o ajuda a compreender cada detalhe desta notícia tão importante e inesperada da NASA.



Simulação NASA representando a possível paisagem de um dos planetas
créditos: NASA

Google is so happy! The Google Doodle team could hardly contain its excitement. Today's animated Doodle shows earth peering through a telescope to find its seven friendly neighbors, just 235 trillion miles away.



Google Doodle Seven Earth-size Exoplanets Discovered

"This just in! Turns out it wasn’t just dust on the telescope lens: NASA just announced the discovery of seven earth-size planets orbiting the same star only 235 trillion miles away. In space terms, that practically makes us next-door neighbors!"




The TRAPPIST-1 star & 7 Earth-sized planets orbiting it

NASA's Spitzer Space Telescope has revealed the first known system of seven Earth-size planets around a single star. Three of these planets are firmly located in the habitable zone, the area around the parent star where a rocky planet is most likely to have liquid water.



Artist's concept shows what each of the TRAPPIST-1 planets may look like, based on available data about their sizes, masses and orbital distances.
Credits: NASA/JPL-Caltech

"What exactly does this new solar system TRAPPIST-1 mean for our universe? Well, three of these newly discovered planets land smack-dab in the middle of what scientists call the habitable zone, or the distance from the star it orbits “where a rocky planet is most likely to have liquid water.” Though scientists have some serious studying to do before we can definitively say whether any of the new TRAPPIST-1 planets are habitable, the potential is very promising."
The discovery sets a new record for greatest number of habitable-zone planets found around a single star outside our solar system. All of these seven planets could have liquid water – key to life as we know it – under the right atmospheric conditions, but the chances are highest with the three in the habitable zone.


“This discovery could be a significant piece in the puzzle of finding habitable environments, places that are conducive to life,” 
Thomas Zurbuchen, associate administrator of the agency’s Science Mission Directorate in Washington
“Answering the question ‘are we alone’ is a top science priority and finding so many planets like these for the first time in the habitable zone is a remarkable step forward toward that goal.” Read more on NASA website
We are so excited as Doodle team! Let's find more!
Resources:
Geração 'explorer'
23.02.2017
Creative Commons License



No comments: